quinta-feira, 5 de abril de 2012

Maturidade

A maturidade faz você repensar os erros e relembrar os acertos.
Descartar as frustraçoes e se orgulhar das conquistas.
Saber que o amor chega mas nem sempre fica,e que isso nao é questao de merecimento e sim de movimento da vida.
A cada hora somos um ser diferente, com foco diferente com visoes para a vida com outro prisma.
Aprendemos com a maturidade que os amigos sao eternos na nossa lembrança e no nosso afeto, nem sempre por estarem colados a você.
Aprendemos que a distancia tem seus benefícios e que a saudade também nos traz momentos bons, saudaveis, inesquecíveis.
Aprendemos que navegar na brisa é muito melhor do que nadar contra a correnteza e que chegamos mais descansados no nosso destino, aproveitando a paisagem.
A maturidade nos traz o distanciamento da experiência para olhar o quadro de diversas maneiras e com colorido diferente a cada manha.

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

O tempo

Agora era o ontem
um cheiro mascado de lembranças comidas...
um olhar esgueado pela esquina do outro dia, tantas coisas se passaram
Um flash que cabe a vida inteira,
uma sede atroz de juventude de poder a todo tempo, sem medo ou engano
simples como um sopro...
e agora já era o ontem
pontilhado de começos, salpicado de tropeços sublinhado de momentos,
e agora tenho só o amanhã,
pra começar, para dirigir, para me perder em outras esquinas e encontrar
talvez outras lembranças...

O Meu, o seu

posto esse seu texto que concorreu aos talentos da maturidade, você que escreve com a alma!

O Meu, o seu

Não haveriam cruzado os meus
Os seus decididos passos
Não havia fitado o meu
O seu castanho doce olhar
Não haviam segurado as minhas
As suas fortes, firmes mãos.
Não haviam ouvido meus sentidos
O sentido da sua vibração.
Não Havia vida sua só sua.
Na minha, só minha!
Somado os minutos,
Subtraído os desencantos,
Dividido as alegrias,
Apagado as tristezas,
absorvido, integrado com sede, com verdade infinda,
você e eu!
Mas estava escrito, aconteceu.
E agora o que eu faço com as caixas vazias?
Do meu e do seu?

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Felicidade

Não prefira, mas esteja com alguém que te trate com respeito.
Alguém que honre seu código moral.
Alguém que te faça sorrir mesmo no seu pior momento, porque te fazer chorar todo mundo é capaz!
Alguém goste de você mesmo quando você erra.
Alguém que pare o que está fazendo só pra te olhar nos olhos e sorrir do nada, sem motivo, sem deboche, sem propósito.
Aproveite, sorria junto, sorria pra fora, sorria pra vida!
Estar com alguém que te faça dormir bem e acordar feliz é tudo de bom!

Marcia Drimus
09/01/2012

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

MUDANÇAS

Hoje é o dia da faxina geral!
É o dia de escancarar armários, ver o fundo, tirar tudo que é velho, em desuso.
Assim farei também a faxina interna.
Limpando pensamentos entulhados, velhos hábitos, sentimentos que não servem mais.
Reciclarei as energias, colocando cores dentro do armário da minha alma, perfumando minhas gavetas de intenções, ajustando as peças folgadas de tanto estarem encostadas.
Faxina, ordem do dia!
Limpeza profunda das velhas manias, que venha o novo, o desconhecido, o inesperado, estarei limpa, desinfetada, imaculada para tudo de bom que virá a partir de agora!!

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

silêncio

Me acalme com o seu silêncio,
a cumplicidade do seu olhar me dirá o que preciso ouvir com o meu coração!
Me abrace levemente, estará envolvendo a minha alma!
Me conduza num papo leve, e fará surgir o meu sorriso!
Me aconchegue no seu peito e todo meu interior florirá de felicidade!
Marcia Drimus